Como me tornei maquiadora

 

Oi, menines!

Muitas pessoas me questionam se eu sempre trabalhei como maquiadora. A resposta de bate pronto é não. Por isso, resolvi compartilhar com vocês um pouquinho da minha história e por onde caminhei para chegar a ser maquiadora profissional.

O ínício…

♪ “Tudo começou há um tempo atrás, na ilha do sol, …♪

Eu sempre gostei muito de maquiagem e de cores em geral. Me maquiava até com canetinha quando era criança. Todas as minhas bonecas Barbies tinham um visual único, graças as minhas “lindas maquiagens”. Até os 5 anos eu era um mar de cor-de-rosa.
Em contrapartida me tonei uma adolescente extremamente moleca… Calças largas, camisetão, andava de skate (mais caia do que andava, é fato), sempre tive mais amigos do que amigAs. O período da minha adolescência a vaidade e a maquiagem ficaram em segundo plano.
Na hora de escolher uma graduação, optei em comunicação social. Sou formada em Publicidade e Propaganda.
Devido a um acidente feio no último ano da graduação, não cheguei a atuar como publicitária depois de formada.
Na verdade, após a formatura eu fui trabalhar com o que tinha habilidade e experiência: vendas. =)
Trabalhei por um bom tempo gerenciando uma loja de roupas infantis. Fazia de tudo um pouco: Vendia, organizava estoque, coordenava equipe, emitia notas fiscais… Enfim, todo um processo comercial. Até que um dado momento eu quis novos ares, novas aventuras e aí a maquiagem apareceu.
Fiz um curso livre de maquiador profissional no Senac e me apaixonei. Descobri que o meu lado B que ficara anos escondido e só aparecia nos trabalhos universitários que exigiam produção com beleza, era na verdade, o meu lado A.
Deixei de ter a maquiagem apenas como um hobby para transformá-lo em uma nova profissão.

Senac_Juliana_blog
Turma Senac Santo André 2010 – Curso livre de Maquiador Profissional: entrega dos certificados

Além do curso livre, a minha sede de conhecimento foi tão grande que resolvi arriscar e comecei uma nova graduação. E cinco anos depois de primeira formatura, lá estava eu de novo na sala de aula.
Foi uma escolha e tanto! Pois a segunda graduação me deu uma vivência e um olhar de que maquiagem é muito mais que beleza… É necessário sempre adquirir conhecimento para se destacar no mercado, para se formalizar.
Acredito que a escolha de um bom curso de formação faz toda a diferença. É notório isso no dia a dia do trabalho.
Me formei dezembro de 2013 na Universidade Anhembi Morumbi, em Maquiagem Profissional.
Se não me engano, a Anhembi é a única universidade que oferece um curso de Cosmética e Estética, (sim, esse é o nome da graduação) com ênfase 100% em maquiagem.

turmaNa1_anhembi_Juliananãoquersambar
Turma Na1- Maquiagem Profissional: Estou no canto esquerdo da imagem, chorando de rir. Foto após o tcc (dez/2013)

Foram dois anos de aprendizados maravilhosos com pessoas ótimas e oportunidades riquíssimas… Como por exemplo, meu estágio. Foi no Teatro Municipal de São Paulo durante a ópera Ça Irá. Eu nunca na vida tinha trabalhado com maquiagem artística!

Maquiei sob o comando dos maquiadores Anderson Bueno e Claudinei Hidalgo, que assinaram o visagismo da ópera. Além disso, pude conhecer e trabalhar com outros profissionais talentosos e generosos.

Estudei também com muita gente que vêm se destacado dia a dia no mercado. Fico feliz e torço por cada um deles!

çaIra_equipeAndersonBueno
Eu (lá no fundão) e toda a equipe de profissionais da Ópera Ça Ira (2013)

Guardo com muito carinho todo meu período de graduanda.

Carnaval_dailus
Eu e a “parça” Dé Camassola no camarote Devassa by Dailus Color (março/2014)

Nesses quase seis anos que estou na área da beleza, já trabalhei em diversos locais: salões de beleza, estúdios fotográficos, eventos (carnaval, camarotes Vips, prêmios) e até em uma empresa cosmética, como maquiadora técnica. Nessa época eu ministrei cursos e treinamentos para consumidores finais e lojistas.

Hoje eu vivo como profissional freelancer.
Atendo em domicílios (ou onde for necessário), noivas, madrinhas, debutantes ou qualquer outra ocasião que precise de maquiagem social. Ah! Também faço as maquiagens e penteados de grande parte dos ensaios da fotógrafa Suzi Pires.
No decorrer da semana fico no escritório e aos finais de semana, lá vou eu com a minha maleta deixar o mundo mais bonito. =D
juliana Meneghetti makeup

Já escrevi diversos textos a respeito da minha profissão. E uma das coisas que é um consenso em todos os textos: maquiar não é apenas gostar de maquiar e saber fazer um olhão bonito…Ou como afinar o nariz. É muito mais!
Há muita transpiração, muito planejamento, muitas horas de estudo, muita noite de sono mal dormida, muita correria por trás dos bastidores.
São inúmeras as variáveis para lidar no mundo da maquiagem. Mas acima de tudo isso, há muito amor. E é esse amor todo que me move… Que não me deixa desistir, que me dá coragem pra enfrentar todas as barreiras, que me ajuda a criar soluções.

Carol
Carol, cliente querida! Madrinha de formatura. (fev./2016)

É maravilhoso ver o poder transformador da maquiagem!
O quanto ela me mudou e também o quanto eu me realizo com minhas paletas e pincéis. É muito amor.
Posso não estar realizada 100%, pois como disse, acho que ainda há muito a aprender, muito pra ganhar (financeiramente também). E por mais romântica que seja a minha visão, eu sou uma apaixonada pela minha profissão e por todas as dores e alegrias que ela me dá.

Olhai os Lírios do Campo…

Há alguns meses atrás eu perdi, literalmente, a casa onde morava e boa parte da minha história por um mar de esgoto. Foi o fim de ano mais pauleira e cansativo de toda história. E ainda assim, tive que continuar a caminhar…Quase correr, é fato. Mas nesse verbo, não se aplica o sentido literal. Hahahaha

Há alguns (poucos) meses atrás, eu quase perdi meu pai. Vi o homem que nunca parava sendo obrigado a parar… Caso contrário, o coração dele ia fazer isso por ele. E aí, tchau paiê.
Eu fiquei realmente assustada. Talvez como nunca tinha ficado…Ainda assim, tive que aprender a lidar com toda a dor e ver que uma hora ou outra, a gente vai trocar de lugar com nossos pais.

Há alguns poucos meses atrás,  me vi administrando algo  que nunca pedi. Quiça, nunca quis, sonhei… Mas ainda assim, tenho buscado sabedoria para cada tomada de decisão, sabendo que o risco é alto. E a sensação que tenho sempre é de que estou sob um foguete, prestes a explodir.

Há pouco mais de um mês eu tentei retomar o blog de maneira regular. Infelizmente, não consegui fazer da maneira que gostaria. Venho tentado me organizar em meio a uma rotina maluca de vida de escritório/dona de casa/ maquiadora pra conseguir respirar e endireitar as coisas por aqui. Quem sabe um dia eu consiga…

E o que eu quero dizer com isso tudo? Honestamente, nada em específico. De verdade, esse é um dos textos mais despretensiosos que já escrevi no que se trata da minha vida. Talvez o cunho de desabafo seja o que melhor se aplique.

Os pontos levantados acima me fazem refletir de que:
O mundo nunca vai parar para você consertar um período de desgraça. Nunca.
Em meio a muitas desgraças ou situações realmente ruins, sempre haverão flores. Sempre há um lado de benção. Basta você se permitir mudar o olhar. E isso não significa ser um bocó  ao extremo…  Significa ser realista e entender que uma situação precisa ser vivida pra dar luz a uma outra. E essa outra, pode ser a “luz no fim do túnel”.
Significa que você vai ter de lutar. Não importa quanta porrada você receba da vida. E a luta é para você viver!
Me faz refletir de que todos, sem exceção, temos dias (meses ou anos) ruins. E isso não me permite ser cruel com o coleguinha. A gentileza sempre vai gerar gentileza.
E talvez, (bem talvez), uma coisa que inicialmente você não deseja deve ser ruim. Tudo é aprendizado. E você vai descobrir novas capacidades e habilidades sobre você mesmo.
E uma das maiores e legais reflexões: Nós, assim como alguns dos nossos projetos de vida, estamos em constante construção.
O seu lado B se tornou seu lado A também? Então desenvolva um C, um D… Há infinitas letras no alfabeto pra denominar os nossos projetos de vida. =)

Na vitrola: Uma das melhores bandas de todos os tempos – Foo Fighters
E recomendo a leitura do livro Olhai os Lírios do Campo.

lilies“Olhai os Lírios do Campo”

 

Vult Super Lashes – máscara para cílios

Oi, menines!

Há um tempo recebi da Vult as novas máscaras de cílios da marca, a Super Lashes e a Bombastic Volume.
Elas foram lançadas em meados de 2015. E de lá pra cá, das máscaras de cílios que mais tenho usado nas minhas maquiagens no dia-a-dia, a Vult Super Lashes tem se mantido queridinha.
Eu gosto muito de máscara de cílios. E depois de testar testadinha, resolvi dividir com vocês as minhas impressões a respeito da Vult Super Lashes.

A Expectativa:
A sinergia perfeita que promove instantaneamente alongamento, volume e definição aos cílios. Aliado à sua potente formulação, o aplicador anatômico possui cerdas de alcance preciso que envolve desde os fios menores até os maiores, promovendo acabamento inigualável.

A Realidade…
O que me chamou a atenção de início foi a embalagem do produto: simples e com uma cor extremamente atrativa.
Fiquei encantada com a tonalidade de azul. Certeza que nas gôndolas o produto chama a sua atenção primeiramente pela cor. E de longe, você consegue perceber se tem ou não tem o produto na perfumaria.

Outra coisa que gostei foi a quantidade de produto, já que as outras máscaras de cílios da marca vinham com uma média de 9g de produto. A super Lashes vem com 12g de produto. Nice! (Y)
VULT MÁSCARA SUPER LASHES aplicador
A cor do produto é bem pretinha mesmo. E o aplicador tem um desing diferenciado de verdade.  Eu nunca tinha visto uma escova assim… Ela é um pouco em diagonal, com cerdas espaçadas, mas ao mesmo tempo densas.
Com isso, ao aplicar o produto, os cílios recebem uma quantidade generosa da máscara. Talvez ai esteja o segredo: o efeito de volume acontece em sua maioria das vezes, pela quantidade de produto.
Vi algumas “reclamações” a respeito dessa quantidade exagerada de produto, mas eu achei na medida. E percebi que ao longo do uso, isso vai diminuindo… A quantidade de produto da escova para os cílios vai ficando mais leve.

IMG_5848
Lado esquerdo: com duas camadas de rímel. Lado direito, cílios sem nada.

Percebi que o efeito de alongamento é existente desde a primeira aplicação. A escova “pega” bem os fios, alongando da raíz até as pontinhas.
Em todas as vezes que utilizei a Vult Super Lashes não usei curvex, mas percebi uma curvatura bem legal.

A máscara tem uma consistência bem uniforme.
Isso é legal, porque não precisei esperar muito tempo para ela “secar” e aplicar uma segunda camada. Também não sofri pra retirar o produto do pote e no fim, só vir um farelo de produto… Diferente de outras máscaras que já usei, a Vult Super Lashes não esfarelou ao longo do dia.
Ela não é uma máscara a prova d´agua, mas resiste muito bem a uma longa jornada de trabalho. Só não me inventa de sair do trabalho e ir pro cross-ft, que aí não vai rolar… Hahahahaha
Para removê-la é indicado o uso de um demaquilante bifásico. Como ela é bem pigmentada e densa, só a água e o sabão não adianta…  O demaquilante vem e retira aquela “nhaca” que fica abaixo dos olhos. E de verdade: achei o fato dela ser resistente a água ótimo! Porque ia chorar muito de sofrer pra tirar o produto.
Por falar em abaixo dos olhos, eu só nãoi consegui aplicar em mim nos cílios inferiores. Devido as minhas bochechas enormes e cílios inferiores mais longos, se eu aplico rímel embaixo fico parecendo a boneca Emília. Então, não… não rolou. Mas se você gosta de aplicar, acredito que a escova aplicadora te dê uma ajudinha extra, se aplicada em pé. 😉
Dá pra causar um efeito de cílios postiços? Sim. Com duas camadas, três no máximo do máximo… Caso contrário, os cílios embolam e ela perde toda a beleza. Então, menos é mais.

O preço médio de venda é de R$ 39,00.
Não achei caro devido a quantidade do produto e a qualidade apresentada. E os pontos de venda são diversos. Isso significa que é fácil encontrar o produto próximo da sua região.
IMG_5892

Então, vale a pena ter no nécessaire ou na maleta profissional?
Sim. O produto é muito bom. O preço é bem competitivo. Dá pra usar na maquiagem do dia a dia, como para uso profissional.
Ela alonga bastante, como também dá um bom volume. Das linhas nacionais, é uma das minhas favoritas. O único ponto negativo ao meu ver (que nem é tão negativo assim), é quando tudo embola por não conseguir deixar de aplicar mais uma camada de produto. hahahaha
Mas é ótimo! Indico para clientes, amigos e quem mais quiser.

 

Lápis Perfect Up para sobrancelhas Vult Cosmética

Oi Menines!

Quando recebi o press-kit dos batons Matte Stick da Vult , também recebi um kit que continha o novo lápis para iluminar a sobrancelha da Vult, o Perfect Up.

São 1,5 g de produto (um lápis de delinear os olhos apontável, têm em média 1,4g) em forma de um lápis baixinho e gordinho.
O lápis é apontável em qualquer apontador de maquiagem.
A textura do produto é cremosa. Mas não é algo que “derreta”. É possível aplicar o produto de maneira segura e depois esfumar, com os dedos ou com um pincel.
perfect up _Vult

Por se tratar de um lápis iluminador, imagino que você assim como eu, pensou em muito brilho, certo?
Errado! Risos!
O lápis Perfect Up mesmo tendo a função de iluminar, não tem partículas de brilho em sua formulação. Com isso, o efeito é de realce natural na maquiagem .
E a tonalidade dele não é branca, é um tom rosado, com um fundo perolado…
Difícil explicar, mas quando vc vê dá pra entender melhor. =P
IMG_6392

Embora o produto tenha a função voltada para as sobrancelhas, eu experimentei ele de outras formas também. Utilizei o produto como lápis iluminador na linha d´água para dar a sensação de olhos mais abertos, já que o formato do meu olho é pequeno e um pouco caído.
Também apliquei o Perfect Up na linha de contorno do meu lábio superior, bem no arco do cupido, para dar a sensação de lábios volumosos.
E apliquei no arco da sobrancelha. Percebi um olhar mais altivo. Gostei bastante, deu um Up no olhar (com perdão ao trocadilho).

 

 

IMG_6393
Aplicação do Lápis Perfect Up na linha d´água dos olhos.

 

IMG_6436
Aplicação do Lápis Perfect Up nas sobrancelhas

A durabilidade do produto em todas essas funções foi boa.
Óbvio que na linha d´água, o produto foi saindo mais rápido. Mas nos outros locais, lábios e sobrancelha, fiquei dignamente “iluminada” o dia todo.

Ah! Pesquisei com a empresa e o preço sugerido para vendas é de R$ 26,00.
Você pode achar caro, mas lembre-se que esse não é o tipo de lápis que você irá apontar sempre que usar. Então, ele deve durar bastante. 😉

Vale a pena ter na maleta ou no nécessaire?
Se você é uma louca por sobrancelhas bem desenhas ou trabalha na área da beleza, vale, sim.
O produto tem uma qualidade e durabilidade muito boa. E deixa um efeito bonito que só! =D
Você vai usar bastante.

Espero que tenham curtido!
Beijo e até o próximo post!

20 coisas (que você provavelmente não sabe) sobre mim

Oi menines!
Tá rolando um viral no Facebook em que as pessoas escrevem um número aleatório de coisas sobre ela e, cada amiguinho que comenta essa postagem o autor do texto indica um número de coisas para contar sobre si.
Já não é a primeira vez que isso acontece no FB…Mas sempre acho legal esse tipo de postagem, pois nos leva a conhecer um pouco mais sobre as pessoas que estão a nossa volta, mesmo que virtualmente.
Como sou diferentona, resolvi postar aqui no blog essas 20 coisas sobre a minha pessoa. Risos!
Vou tentar fazer essa postagem com as primeiras 20 coisas que me passarem na cabeça. =P
Ah! o número 20 é por conta do número que me passaram. Lá vamos nós!

1) Amo ficar observando e ouvindo o barulho do mar. É uma das coisas mais deliciosas da vida. Isso acalma meu espírito e sempre que me vejo desequilibrada, quero ir pra praia.

2) Admiro muito minha mãe, irmã, minhas amigas, sogra,tias, primas que são mães e por serem mães.
Acho lindo o cuidado, o amor incondicional…Entendo claramente o legado da maternidade e o fato de se sentir sempre responsável por outro ser-humano. Mas definitivamente, não é algo que eu pretenda ser na vida. 

3) Eu perco a fé na humanidade, muitas vezes. Mas não perco a minha fé em Deus.

4) Eu tenho medo de escuro. E durmo a noite tranquilamente sem abajur ou outra luz indireta.

5) A leitura, assim como a música, estão sempre presentes na minha vida. Gostaria de ler mais do que leio atualmente. Meus gêneros favoritos são: histórias de aventura ou romances policiais.

6) Não me acho linda, nem feia… Eu me amo como sou e aprendi a me aceitar como sou .Gosto de mim pelas minhas qualidades e defeitos. E isso já é muito importante.

7) Acho que todo mundo deveria entender e aceitar seu lado feio. Ninguém é 100% bom ou mal  o tempo todo. O bem e o mal coexistem.

8)  Eu já fiquei careca. Raspei a cabeça toda em 2007 por conta própria. Foi muito legal!

9) Sou muito impressionável. Não assisto filmes de terror sobrenatural, pois depois acho que o aconteceu no filme vai acontecer comigo. E tenho surtos e pesadelos horríveis quando vejo ou escuto histórias de algo assim.

10) Sim, eu sou brava e grossa. Mas também sou um amorzinho! Hahahahahah

11) Posso parecer falante, mas quando o bicho pega, silencio tudo o que sinto. Vou falando aos poucos. E devagar… E ainda sim, isso não significa falar tudo nem pra todo mundo.

12) Eu já fiz terapia e já tive alta do terapeuta.

13) Minha fruta favorita é o morango. 

14) Gostaria muito de fazer uma viagem com os meus melhores amigos e debater pontos de vista profundos sobre a nossa própria humanidade.

15) Adoro conversas sobre o sentido do mundo e outras “brisas filosóficas” pra se pensar na vida. Isso faz a gente evoluir.

16) Não consigo me imaginar onde estarei daqui 10 anos. Muito menos definir qual o meu lugar no mundo. Isso não é um problema… vou vivendo.

17) Há 9 anos atrás sofri um acidente gravíssimo em que quase morri. (Fui atropelada por um troleibus). 

18) Sou  desconfiada, questionadora e observadora. Sobre tudo e todos, inclusive sobre mim.

19) Amo doces! Mas não são todos os tipos de doce que gosto.

20) Acho que o amor, assim como a verdade, liberta.

That´s all folks!
Beijos
Juliana Meneghetti
Juliana Meneghetti_batom stick Vult

Batom líquido Koloss Makeup – Cor #Ousada

Olá, menines!

Há um bom tempo as marcas nacionais vêm investindo em batons líquidos.  Cada uma com sua gama de cor, textura e etc e tal… Acho isso ótimo.
Hoje vou dividir com vocês minhas opiniões a respeito do Batom líquido da Koloss na cor 13 – Ousada.
koloss_batomliquidoOusada_

Sobre os batons:
São 14 cores de batons com alta cobertura, secagem rápida e efeito matte aveludado.
Koloss_batom liq

O batom líquido da Koloss vem em uma embalagem padrão, vamos assim dizer. Temos 4g de produto.
A embalagem conta com um aplicador em formato de gloss. O que é legal pois dá para preencher todos os cantos do lábio, ou até mesmo para retirar o excesso do produto com uma espátula e aplicar nos lábios com um pincel específico para isso. (Essa é uma dica ótima para quem trabalha como maquiador, por questão de biossegurança e talz).

IMG_6409
Aplicador batom líquido Koloss

A cor ousada é um vinho de fundo profundo, quase chega a um tom de roxo. E eu achei lindo! Bem elegante… Me lembrou muito um outro batom líquido que muita gente que conheço gosta, o Sapatilha da Dailus Color.
Dá pra dizer até que as cores são primas. Dá só uma olhada:

IMG_6419
Batom Líquido Ousada Koloss
Job_noiva Ju Meneghetti Makeup
Eu, maquiando uma noiva que usou o batom líquido Sapatilha da Dailus.

 

 

O efeito matte é existente. E como boa parte dos batons líquidos, ele acaba ressecando um pouquinho no lábio. Nada desconfortável, nem assustador ao ponto de achar que passei areia na boca, sabem? Risos… Ao aplicar um hidratante antes do batom isso é resolvido.
A textura é confortável aos lábios e eu indico apenas uma camada de produto nos lábios, até mesmo para não ficar grosseiro e perder o efeito aveludado que o batom deixa nos lábios.
O tempo para ele secar não é imediato. Isso é bom por que em caso de borrões dá tempo de consertar sem manchar a pele. Hehehe.
Já a o efeito visual de veludo é bonito pra caramba.
A pigmentação é forte. E a durabilidade é ok.
Você aplica o produto, mas ao longo do dia ele começa a “dar tchau”, principalmente no centro dos lábios. Mas o legal é: diferente de outros batons líquidos, esse não craquela! (EBA)

IMG_6415
Batom líquido Koloss – Ousada

Acabo utilizando muito esse batom em maquiagens para ensaios fotográficos. Funciona super bem, dá um efeito lindo na foto. Além de poder misturar ele com outros tons e texturas de batons… Com isso, consigo deixar um batom ultra cremoso com efeito mais sequinho aos lábios.

O preço médio na internet varia entre R$ 22 a 25,00.  Aqui no Abc Paulista não encontrei perfumarias que trabalham com esse produto. Só achei em São Mateus (SP), na perfumaria Teruya e o preço era dentro dessa faixa de preço também. Não achei caro, em vista dos seus concorrentes de mercado.

Vale a pena ter na maleta ou necessarie?
Sim. O produto tem qualidade.
A cor é interessante. Usável no outono e no inverno, pras góticas suaves e pras não góticas. Hahahaha
O preço é camarada e dá pra usar o produto por bastante tempo, vide a quantidade.

E você, já usou os batons líquidos da Koloss?

Batom Pop – Dailus Color

Na última Beauty Fair um dos lançamentos da Dailus foi o Batom Pop.
produtos-dailus-color-labios-foto-batom-pop.jpg

São 50 cores de batons divididos em 5 linhas diferentes: a Pop Magic, Pop Glam, Pop Art, Pop Kiss e Pop Clean.
A textura de todos os batons é cremosa. Já seus acabamentos vão do cintilante, glitter, glossy e cobertura mais opaca.

A embalagem do produto é bem simples: colorida, plastificada, com a bala aparente para visualização do produto.[aquela parte colorida do batom, chama-se bala, ok?!].

Não é uma super embalagem, mas cumpre bem o seu papel de apresentar o produto de uma maneira bem divertida e funcional. Tanto que, ao olhar o batom me lembrei das coleções da Natura única e da Avon ColorTrend. Achei bem próximas.

Cada embalagem da linha  Batom Pop vem em uma cor, uma temática e um tipo de acabamento.
Por exemplo,a Pop Magic é um tom de violeta. Suas cinco cores vão do rosa pink a um dourado. E todos têm acabamento cremoso com glitter.
Dailus_PopMagic_Juliananãoquersambar

A Pop Glam, os batons tem a embalagem azul. Sua gama de cor é bem intensa, com tons do pêssego ao marrom. Uma coleção bem chique e com tonalidades bacanas. Aqui o acabamento dos produtos variam do cremoso ao opaco.
Dailus_PopGlam_Juliananãoquersambar

Já a linha Pop Art, buscou referências nas artes (Duhhh). Devido a isso, as cores são bem vibrantes e intensas. A cobertura de cores não é tão intensa como da Pop Glam, por exemplo. Até porquê nessa linha encontramos batons com acabamentos translúcidos.
Dailus_PopArt_JuliananãoquerSambar

A linha Pop Kiss vêm embalada no tom rosa e, suas cores remetem a beijo. Por isso encontramos nessa coleção um maior número de tons vermelhos  e rosas. E o Acabamento é bem cremoso.
Dailus_PopKiss_Juliananãoquersambar

E pra finalizar, sem ser menos importante que as outras, chegamos a linha Pop Clean. Com uma embalagem amarela, encontramos tons mais discretos e fechados. Eu diria que são tonalidades que vão para todos os tons de pele, principalmente se você gosta muito de batons com “tons de boca”. De todas as cores e coleções essa foi a minha favorita!
Dailus_PopClean_Juliananãoquersambar

Eu achei bem interessante essa nova coleção da Dailus. Os tons são bem variados. O que é ótimo pra quem faz a #loucadoBatom.
Já deu pra descobrir que temos alguns dupes na linha também.
O preço médio de venda é em torno de R$ 17,00. Claro que isso depende muito de região pra região e também de perfumaria.

E você, já testou os batons Pop da Dailus Color? Qual a sua cor favorita?
Beijos!

 

 

Lápis UP para Sobrancelhas DAILUS COLOR | RESENHA

Olá, meninos e meninas!

Recebi os novos lápis de sobrancelha da Dailus.
Tenho testado eles há algum tempo e surpreendentemente, tenho gostado muito!
Devo confessar que para corrigir as eventuais falhas na minha sobrancelha, eu quase nunca utilizo o lápis. Opto por sombras específicas para isso devido ao fato de, eu ter uma pele mista e achar que a durabilidade da sombra é maior. Mas, vamos a nossa resenha, comparando a expectativa vs. a realidade.

O que a empresa diz sobre o produto?
Quatro tonalidades que se adequam a tonalidade natural dos pelos.
Cores: 02- Cinza, 04- Claro, 06- Médio, 08- Escuro.
Com manteiga de Aloe Vera. Apontável
lapis sobrancelha dailus cinza claro medio escuro

O produto tem a embalagem clássica dos lápis da Dailus: Acabamento plastificado, com o fim arredondado.
Momento #FicaaDica: Para aqueles que tem o hábito de colocar a tampa na parte de trás do lápis, um aviso: não faça isso! Caso contrário, você perderá a tampa. Então, ao usar, deixe a tampa do produto separada.
O lápis é apontável em qualquer apontador de maquiagem, mesmo sendo plastificado. O que é bacana.

A textura do lápis é bem cremosa e desliza bem na região das sobrancelhas. Dá pra preencher de maneira uniforme. Acredito que isso aconteça devido a manteiga de Aloe Vera presente na fórmula.

IMG_5998
Eu com o lápis Up de sobrancelhas  cor 04 – Claro e meu cabelo Roxo #saudadesCabelinhoPequenoPonei
IMG_5891
Já aqui com o Lápis Up da Dailus na cor 06 – médio.

Recebi o produto nas cores: 04-Claro e 06- Médio. Para o meu tom de pele e de cabelo, super deu certo as duas cores.
Óbvio que o tom médio, evidenciou mais a expressão e as sobrancelhas, mas nada que desse o aspecto artificial. Já o tom claro, funcionou super bem também. Na verdade, foi o que ficou mais próximo a real cor dos meus pelos.
Tive a oportunidade de conhecer e testar o produto na cor 02-Cinza e 08-Escuro. Acredito que essas duas cores, casem muito bem para meninas de pele muito branca e peles negras, respectivamente.
Achei uma oportunidade ótima essa da Dailus de criar um produto para sobrancelhas com uma gama de cor diversificada. Afinal, ninguém merece (merecia), comprar um lápis de sobrancelha na “cor universal” e ficar com a pele acinzentada.
Ou pior, já vi muitas meninas de pele negra, utilizando o lápis preto pra arrumar a sobrancelha. E gente, por favor, não!!! Como maquiadora com uma formação voltada ao visagismo, digo: lápis preto nas sobrancelhas apenas para uso artístico. De resto, procure um marrom bem escuro. Mas nunca o preto!

Voltando a resenha…
Achei muito legal ter vários tons de correção. As cores são bem pigmentadas e preenchem bem as falhas.

Meu desgosto com lápis para sobrancelhas começam por conta da durabilidade. Você aplica, passa um escovinha pra ficar bonito e sem marca e duas horas depois, nada! O produto já se foi.
Ao usar os lápis de Up para sobrancelhas da Dailus, eu testei todos os climas e dias: um dia que fiquei no “deboismo” do meu lar, o dia que trabalhei em pique de maratona. Dias quentes, dias frios, e… surpreendentemente, fiquei feliz com a durabilidade do produto.  Reagiu de maneira muito digna, ficando na pele por 6 horas. O que considero uma glória para um lápis de sobranelha.

O preço médio de venda é bem amigo: R$ 12,50. Você pode encontrar o produto em perfumarias que trabalham com a marca ou até mesmo, pela loja on line.

Avaliando de maneira geral, é um bom produto. Para uso profissional, continuo com meu kit de sombras de sobrancelhas. Mas para uso no dia a dia, é recomendável, sim!

E você, é adepto ao uso do lápis de sobrancelha ou prefere a sombra para correção e camuflagem das falhas? Qual você utiliza?

Batom Matte Stick Vult Cosmética

Recebi um press kit lindo da Vult Cosmética, contendo a coleção do Batom Matte Stick.

presskitBatomstickmatteVult

Essa coleção é a primeira coleção de batom com formato stick e acabamento matte em todo o Brasil.
No total, são 12 cores de batom (!!!). Louca do batom que sou, amei a variedade de tons nudes, rosados, vermelhos e até roxos que fazem parte da coleção.
e6987571-e338-4ca9-bd08-951c4bbad756

A aplicação é supertranquila. A embalagem é em forma de lápis. Com isso, é possível contornar e pintar os lábios.
A cobertura de cor é bacana e intensa, assim como, a pigmentação do produto. De todas as cores que já testei, nenhuma deixou meu lábio ressecado a ponto de eu precisar hidratar ao longo do dia. Textura matte, mas confortável, sabe?
Um outro fato interessantíssimo é que o batom mesmo sendo em lápis, não precisa de apontador. (Praticidade é tudo nessa vida). A parte inferior da embalagem é giratória (onde vem o número da cor). E por conta desse mecanismo retrátil você consegue carregá-lo sempre contigo sem precisar carregar o apontador junto. =)

O batom tem uma durabilidade muito boa mesmo. Eu não curto ficar retocando, então achei isso um ponto positivo do produto.
Apliquei de manhã e vim pro escritório trabalhar. Tive várias reuniões, muitos cafés e copinhos de água e ele só começou a dar tchau na hora do almoço. Ainda assim, saindo mais o centro dos lábios.

Juliana Meneghetti_batom stick Vult
Dona Juliana toda “meninota” com a cor 09 do Batom Stick Matte Vult Cosmética

Antes mesmo de receber esse press-kit, eu já tinha ido até a minha perfumaria favorita e tinha comprado um para experimentar. (Para variar, comprei um vermelho – Juliana e sua paixão por vermelhos).
Então pude ver que o preço médio de venda é justo, considerando a embalagem e qualidade do produto.
O preço médio é de R$ 30,00 aqui no ABC Paulista. Não sei em outras cidades, mas deduzo que não seja mais que R$34,00

Vale a pena ter na maleta ou no necessarie? Vale muito.
Primeiro pelas cores que estão lindas e a textura matte ser matte de verdade.
Segundo, por não precisar usar apontador, você consegue carregar ele sempre junto de você sempre!
Terceiro, tendo em vista outros batons sticks que em sua maioria são importados, o Batom Matte Stick da Vult é um produto bem completo.
Indico, com certeza!

Beijos e até o próximo texto, meninos e meninas!